Relatório da 201ª Redel de 25/06/2020 da Sistel

RELATÓRIO DA 201ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DELIBERATIVO DA SISTEL.

Dia – 25/06/2020

Considerando o momento de pandemia e respeitando as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) quanto à necessidade de isolamento social, esta reunião foi realizada através de vídeo conferência. Os assuntos apresentados foram de ordem informativa e bem restrita.

  1. 1.   Trabalhos de Auditoria Interna.

Embora os colaboradores da Sistel estejam desenvolvendo suas atividades em “Home Office”, as metas auditadas estão sendo cumpridas dentro da sua estimativa.

  1. 2.   Evolução das reservas matemáticas.

A diretora de previdência apresentou a evolução das reservas matemáticas dos Planos administrados pela Sistel. De modo geral, os planos estão acima da meta atuarial trazendo tranquilidade para os assistidos quanto à perenidade dos mesmos.

  1. 3.   Status Distribuição de superávits nos planos.

PBS-A – No dia 03/06//2020 foi encaminhado para a PREVIC o processo de distribuição do superávit referente ao ano de 2016. Sendo o valor total de R$ 523.204.646,71 a ser distribuído paritariamente entre assistidos/pensionistas e patrocinadoras. Aguardando aprovação da PREVIC para iniciar o pagamento parcelado em 36 vezes. Previsto para setembro 2020.

 O valor será calculado individualmente no mesmo critério da distribuição ocorrida em dezembro 2019, superávit referente aos anos 2012, 2014 e 2015, ou seja, pela reserva matemática, conforme relatório da 200ª reunião.

PBS-Telebrás – Continua aguardando a formalização da Telebrás para encaminhamento à PREVIC, com nova estimativa de previsão para início de processo.

Telebrás Prev – Em processo de análise

  1. 4.   Status e reflexos do COVID-19 no PAMA.

Período 23/03 a 16/06/2020.

  • 158 internações.
  • Faixa etária com mais internação de 71 a 75 anos. No entanto, proporcionalmente é a faixa de 86 a 95 anos com maior evidência.
  • O estado com a maior quantidade de internações é o Rio de Janeiro. No entanto, proporcionalmente os estados do Piauí e Alagoas são superiores ao RJ.
  • 174 exames de COVID realizado pelo Plano sendo a concentração para os assistidos na faixa etária entre 71 a 75 anos. Porém, em termos de proporcionalidade a faixa com maior representatividade foi a 81 a 85 anos.
  • Estado com maior concentração de exames foi o Rio de Janeiro. Porém, em termos de proporcionalidade foram os estados, Distrito Federal e Maranhão.
  • Quantidade geral de óbitos identificados no PAMA totaliza em 36 (trinta e seis) assistidos.
  • Os óbitos foram concentrados em duas faixas etárias 66 a 70 anos e 76 a 80 anos.
  • O estado com maior quantidade de óbito foi Rio de Janeiro. Superados proporcionalmente pelos estados do Pará e Maranhão.
  • A maior quantidade de dias de internação pelo COVID foi até 28 dias.

Conclusão:

  • O impacto financeiro no Plano será mensurado futuramente, logo após, o recebimento das despesas médicas encaminhadas pelas operadoras de saúde Unimed e Bradesco.
  • Estima-se que devido à redução no atendimento dos hospitais postergando neste momento os procedimentos eletivos, aliados aos custos da pandemia pode ser que possa influenciar financeiramente no plano.

Uma minoria de assistidos deixou de efetuar o pagamento do boleto, portanto, pode se considerar que os planos cancelados são praticamente os mesmos que já se encontravam anteriormente. Ou seja, a pandemia não influenciou nos cancelamentos

Fonte: Conselheiros Deliberativos Eleitos

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>