Comentários da APAS-RJ ao Informe Sistel de 30/05/2014

A APAS-RJ, em 6/6/2014, enviou carta a Sistel com os seus comentários sobre o Informe Associação de 30 de maio de 2014. Veja, abaixo, a carta na íntegra.

 

 Rio de Janeiro, 06 de junho de 2014.

Ct: 012/14 – PR

Ao Sr.

Carlos Alberto Cardoso Moreira

Diretor Presidente da Sistel

 

Prezado Sr.,

Com relação ao Informe Associação, de 30/5/2014, vimos, pela presente, tecer os seguintes comentários:

  1. A Sistel quer comparar a contribuição do PCE com as dos planos de saúde do mercado. O PCE é o Programa de Coberturas Especiais do Plano PAMA, a sua contribuição é para cobrir a não coparticipação do assistido em eventos de alto custo, sendo a outra parte coberta pelo PAMA. Está claro que a Sistel e suas patrocinadoras estão querendo que a contribuição do PCE cubra todos os custos do PAMA, ignorando que o custeio do PAMA é das Patrocinadoras.
  2. Não concordamos, em princípio, com os resultados do estudo apresentado, tendo em vista que as contribuições dos assistidos participantes do PCE objetivam apenas, cobrir os custos dos benefícios adicionais do programa e não do PAMA como um todo.       Além disso, através da Ct. 009/14 – PR, de 28/4/2014, ainda sem resposta, já questionávamos o reajuste de 32,6% nas contribuições, tendo em vista, que no balancete de 2013, o valor atribuído à subconta PAMA-PCE, não corresponde aos gastos do programa de benefícios adicionais, pois o valor é de 3,5 vezes maiores que o da subconta PAMA – Tradicional, o que é inaceitável.
  3. Causa-nos estranheza a alegação de que os altos reajustes de 2012 e 2013, se referem a fatores externos, como excessivo incremento dos custos médicos, o aumento da frequencia de utilização dos planos, a ampliação das coberturas de serviços pela ANS e os avanços tecnológicos. Tudo isto é verdadeiro, mas vem ocorrendo desde a criação do PCE (2004) e não nos últimos dois anos. A série histórica da evolução dos reajustes das contribuições da PCE, baseada em estudos atuariais sempre foi abaixo do reajuste do mercado, exceto nos dois últimos anos.
  4. É necessário que a Sistel apresente as contas do PAMA e do programa PCE abertas nos detalhes. Os estudos contratados devem ser disponibilizados para que possamos analisar os dados e as premissas utilizadas e verificar quais foram as causas que levaram a queda brusca do patrimônio do PAMA em 2013.

De posse destas informações, poderemos propor em conjunto, se for o caso, uma solução para o PAMA, que não seja o aumento das contribuições dos assistidos que aderiram ao PCE.

 

Atenciosamente,

Carlos Alberto de O. C. Burlamaqui

Presidente da APAS-RJ

2 ideias sobre “Comentários da APAS-RJ ao Informe Sistel de 30/05/2014

  1. Muito bem fez a nossa Apas questionar esse assunto à Sistel.Por oportuno, permito-me lembrar que a maioria dos assistidos da Sistel no Rio de Janeiro e tenho quase que certeza, no Brasil, não sabem que a nossa contribuição mensal para o PAMA/PCE é exclusivamente para a cobertura especiais do plano PAMA .No meu entender, sugiro que essa carta conste da próxima edição do Jornal da Apas e vou além, que seja remetida a todos sócios da Apas que possuem E-Mails para que encaminhem a outros assistidos da Sistel de seu conhecimento que morem aqui ou em outros estados.

  2. Eu já deixei de pagar faz tempo, estou devendo não consigo pagar, querem tudo de um vez e eu não posso ,tenho muito gasto meu netinho de dez anos mora comigo desde quando nasceu nem pai nem mãe me ajudam eles não moram comigo cada um mora com outra pessoa ,mas dar alguma coisa para o filho nem pensar ele te toxplasmose eu arco com tudo escola medico particular e por ai adiante,assim fica dificil pagar um plano de saude desses caro e se ultrapassar consulta ou exames tem que pagar do mesmo jeito tenho sério problema de coluna e vertebra depende de cirurgia mas com um plano deste eu só posso usar o sus .Obrigado pela oportunidade.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>